Trindade & Tobago É que é

A apenas 11km da Venezuela, entre o Mar das Caraíbas e o Oceano Atlântico, existem duas ilhas maravilhosas que todos os anos oferecem ao mundo futebolistas maravilhosos. Eles só precisam de uma oportunidade ao mais alto nível para voltarem a estar no patamar de Dwight Yorke, Russell Latapy ou Shaka Hislop!



Mas a história da T&T Pro League e do futebol de Trinidad & Tobago começa muito, muito antes.


Ainda Latapy ou Yorke não eram nascidos e já Michael "Marvelous Mikey" Cipriani voava. Voava, literalmente. Filho de Louisa Leonisa Ultima Latour, com 13 irmãos sendo ele o 3º mais velho, cedo começou a ganhar nome na sua terra Port-of-Spain, capital do país, ilha Trinidad. Aos 15 anos de idade já se destacava no meio dos adultos ciclistas da sua terra e aos 20 anos provocou enorme surpresa ao vencer os melhores ciclistas de Guyana, Jamaica ou Barbados coroando-se como campeão de ciclismo das West Indies.  Mas não era só bom na bicicleta! O rapaz foi seleccionado para representar Trinidad também no Cricket num torneio inter-colonial. Convém alertar os meus prezados leitores que estas ilhas à data eram colónias inglesas, francesas, espanholas, dinamarquesas e holandesas. Onde é que eu ia? Ah. Marvelous Mikey, ciclismo, criquete e... Futebol. Reza a lenda que o rapaz era tão bom que jogava em qualquer posição... Até árbitro. Isso mesmo. Aqui o nosso blog vai aos confins da história para vos contar estas lendas maravilhosas. Marvelous Mikey, jogador de criquete, ciclista e extraordinário futebolista de início do século passado, tão maravilhoso que os seus colegas até lhe entregavam o apito tal era a confiança no homem! A fonte? Meus amigos, se está na internet é porque é verdade. Cheguei a dizer-vos que este rapaz não contente com a carreira no desporto ainda arrancou rumo à Europa e foi até Verdun resolver a 1ª Guerra Mundial? Ficou fã de aviões, tornou-se piloto e pronto, claro, começa a espalhar magia sendo o primeiro homem a aterrar um avião na Ilha de St Vincent. Infelizmente as acrobacias não lhe correram bem e morre em 1934 na sua terra natal na sequência de um desastre de avião. O funeral levou milhares às ruas, pessoas de todas as raças, credos ou classes sociais, só para lhe dar um último adeus. Digam lá que isto não dava um daqueles filmes dos Oscars? Que vida...

Avançando no tempo até aos dias que correm, levantem-se das cadeiras e dêem um enorme aplauso aos Campeões de 2017: NORTH EAST STARS


Vamos percorrer mais de 100 anos de futebol caribenho para chegarmos aos dias que correm. Quem são os jogadores que fizeram história? Quais serão os jogadores que farão história em 2018? Que treinadores? Que golos se marcaram? Que estádios se pisaram? Aguardem os próximos capítulos porque até a T&T 2018 chegar vamos ter tempo para conhecer de cor e salteado todos os craques que fazem da liga de Trinidad & Tobago uma liga, sem sombra para dúvidas, muito melhor que a Champions League da UEFA.
Share on Google Plus

About Ai Vale Bujas

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários:

Enviar um comentário