sexta-feira, 14 de março de 2014

EUROPA 8ºs de Final 2013/14


Porto 1-0 Nápoles - De interino é que se torce o pepino! A brincar a brincar, dois jogos, duas vitórias. Adivinhem porquê? Porque o Luís Castro riscou o nome do Josué da guest list da discoteca. Parece que estou a ver o filme todo... Josué a chegar ao pé do autocarro do Porto para ir de pau feito até ao Estádio do Dragão. Helton lá dentro do autocarro a tocar uns acordes na guitarra e a cantar "às vezes no calor da noite, eu fico imaginando nós dois". Josué a desesperar para entrar no autocarro, ver o concerto e ir jogar à bola. A wild Paulinho Santos appears: "São 250 oiros ó faxavor". Josué a levantar a voz "mas num gostas da minha cara belhote?", a sacar das chaves do Saxo Cup e a rumar à roulote mais próxima para enfiar as beiças numa qualquer bifana gordurenta. É a vida.
As mudanças e, mais concretamente, a inclusão de Defour nas contas do 11 titular, não tornou o futebol do Porto mais bonito mas parece-me que a defesa beneficia mais da utilização de Defour do que de Herrera. Creio que enquanto o Porto aguentar os bons resultados, Defour permanecerá na equipa. O belga tem vivido um bocado como bode expiatório nº1 do Porto quando as coisas correm mal. Um pouco à imagem do que se vinha a passar com Herrera. No Benfica, depois da saída do Coentrão, aconteceu o mesmo com os laterais esquerdos. Os adeptos são assim mesmo, resta aos treinadores perceber - com olhos de ver - o que se passa dentro das 4 linhas. Será que no Porto a sucessão de Moutinho vai pesar tanto quanto a de Coentrão no Benfica? Até agora a resposta é um rotundo sim. 
E que dizer do Nápoles? Uma equipa que gasta 3 dígitos em contratações apresentar este futebol roça o patético. Tantos bons jogadores de potencial desaproveitado. Mete dó. Quem te viu e quem te vê, Benitez.
O Porto tem tudo para passar esta eliminatória. Grande golo do Jackson, um movimento perfeito, à ponta-de-lança, ao alcance de poucos. Rotação de perna e pumba lá para dentro. Espectacular.

Tottenham 1-3 Benfica - Enquanto o Sporting fala em ir jogar para uma suposta Liga Ibérica, a inventar clássicos contra o Sporting de Gijon, o Benfica é a equipa, por esta altura, mais temida em terras de sua majestade, pelo menos enquanto o Jesus for o treinador. Se o Benfica quisesse ir jogar para a Premier League e os ingleses aceitassem, ganhava fácil o campeonato. Olhem, logo para começar, Everton e Tottenham nem compareciam aos jogos. Depois da escova que levaram, coitadinhos se aparecessem - levavam o dobro. O Chelsea ia perder porque se o Miguel Rosa não pode jogar contra o Benfica então 50% do plantel do Chelsea também não alinhava contra o Benfica. Queria-os ver só com Bertrands e Ai-picas-na-culeta contra o nosso menino Marcovico. O Man City tem um engenheiro a treinador, nós temos um catedrático que lhe anulava logo a matrícula na faculdade de engenharia. Sobrava o Man Utd... Era só chamar o Beto do cabelo descolorado. Mal o vissem fugiam logo, perdiam também por falta de comparência!
Estou, obviamente, a exagerar. O Benfica não é a equipa mais temida em Inglaterra. A equipa mais temida é o Sporting porque o Sporting tem a táctica do "basta!". Quando encaixassem o 1º golo do Wigan diziam "ENOUGH", os jogadores do Wigan congelavam e depois o Sporting ganhava sempre de remontada. 
Este jogo foi giro. Primeiro ponto: Harry Kane; não conhecia este jogador, digo já que vi ali talento para daqui a 2 ou 3 anos poder estar a bom nível no Olhanense. Segundo ponto: Scolari; O Scolari chamou o David Luiz ao mundial e deixou o Luisão de fora, não lhe façam análises ao cérebro que não é preciso. Terceiro ponto: número três; toda a gente sabe que o três que o Jesus fez na direcção do banco do Tottenham só queria dizer o número de pessoas do staff que ele iria empurrar a seguir (Raul José 1, Shéu 2, Rui Costa 3). 
Agora a sério, aposto um testículo em como o Jesus, o Raul José, o Shéu e o Rui Costa vieram os 4 a jogar à bisca no avião, enquanto faziam de conta que chamavam a hospedeira. Depois quando a hospedeira vinha olhavam todos para o lado a fingir que tinha sido o Pietra. 
Grande vitória do Benfica. Obrigado, rapazes dentro das 4 linhas, obrigado, rapazes fora das 4 linhas, obrigado por uma noite de felicidade. Estamos mesmo com sede de títulos. Venham eles!

9 comentários:

  1. Achas que o Fernando Alexandre tinha lugar neste Tottenham?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço muitas equipas do mundo que se possam dar ao luxo de rejeitar o Fernando Alexandre!
      Mas achas que o Sandro tinha lugar na Académica?

      Eliminar
    2. Bem visto. Acho que o Sandro teria lugar no plantel da Académica mas nunca como titular! E o que me dizes do Oblak? Tou a achá-lo muito nervoso e aqueles pés...

      Eliminar
    3. segundo a esmagadora maioria dos Benfiquistas o Oblak é o principal responsável pela evolução da defesa do Benfica. Dizem estes Benfiquistas que o Oblak dá mais confiança aos centrais que o Artur...

      Olha, quanto a mim, enquanto eu não vir o Oblak fazer as defesas que o Artur fez com aquela camisola. Enquanto eu não vir o Oblak a dar pontos ao Benfica, fico com a passareca calminha.

      O nervosismo em alguns jogos pode ter a ver com a idade, não sei, falta de experiência, talvez. Que ele é um excelente guarda-redes com um grande futuro parece-me inegável. Vamos ver. É como diz o outro... Equipa que ganha não se mexe

      Eliminar
  2. Discordo totalmente da análise ao jogo do Porto! Toda a gente sabe que é: Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois ;)
    Quanto ao resto, priceless

    ResponderEliminar
  3. Boas AVB,

    epa preciso de um barometro para a atitude do JJ. Sorry o quase off-topic mas tive fora. Mais a serio, o que achas? é falta de classe? isso importa? Como benfiquista mas mais importante talvez como amante de futebol, porque se calhar, são peaners no final...

    Já estou a esfregar as maões pela tua analise do SCP-FCP lol

    PS: Jesus is like school in July...no class

    Cumps!

    ResponderEliminar
  4. sinceramente não me importa grande coisa... Há quem veja aquilo como um atentado ao Benfiquismo, eu vejo um gesto parvo entre amigos que muitas vezes temos, com as pessoas com que sentimos mais confiança. Se é falta de classe? É. Ele tem que saber que está a ser filmado. Se é deselegante para com o Sheu e o Raul José? É. O Jesus é amigo do Raul José, Sheu e Jesus. Conhece o Sheu há 40 anos e é amigo pessoal dele... Nem falo no Raul José... Portanto, para mim, a coisa ficou sanada na viagem de regresso. Não vale a pena dar mais importância a isto

    ResponderEliminar