segunda-feira, 8 de junho de 2015

O Gambito Letão




Gambito Letão, também conhecido como Contragambito Greco, é uma abertura de xadrez que se produz após os movimentos: 1.e4 e5  2.Cf3 f5
O movimento caracteriza-se pela oferta do peão em f5 ao adversário. As brancas, como norma geral, não aceitam este peão, e sim o peão de e5. O gambito letão é jogado pelas pretas por jogadores agressivos que procuram um ataque directo, apesar desta abertura raramente ser utilizada em jogos de alto nível.
                                                                                                                      Senhora Dona Wikipedia


Nestes últimos dias as notícias a saírem cá para fora sobre a ida de Jesus para o Sporting parecem pipocas a saltar numa panela ao lume cheia de milho. Há 3 coisas de que já ninguém tem dúvidas: Vieira foi anjinho, Jesus traiu quem o levou ao topo e Bruno de Carvalho mostrou a todos os sportinguistas que é feito da mesma fibra que Vieira ou Pinto da Costa.

O Sporting precisava de Bruno de Carvalho. Há quem diga que ele é um Vale e Azevedo mas sinceramente não me parece que seja. O Sporting precisava de um presidente assim, mais agressivo, mais lutador e, porque não, mais polémico e populista. O futebol português, que já está cheio de personagens destas, não precisava de mais uma, claro que não, mas o Sporting, para não continuar a ser comido pelo Benfica e Porto, precisava. 

Normalmente em Junho os adeptos de futebol em Portugal começam a entrar no imaginário Football Manager. As contratações, os treinadores, as conversas são todas sobre futurologia futebolística. Na praia, no Algarve, quem não tem internet chega ao ponto de ir ao teletexto só para ler as gordas, enquanto enfia o pequeno almoço à pressa goela abaixo. É este o único motivo pelo qual existe o teletexto, não é? O teletexto existe para vermos que jogadores chegarão ao nosso clube. E ficamos o dia todo na praia, com os nossos amigos, a falar naquele defesa central russo do PSV, o Nikiforov, que se vier vai sem dúvida ser o patrão da defesa de que necessitamos para levantar o caneco.

Mas antes de começarmos a falar sobre reforços, nesta altura, falamos já sobre dinheiro, presidentes, treinadores e probabilidades de conquista do próximo título.

Começando pelo Sporting. O Sporting vai ter o melhor treinador da Liga e, ao que tudo indica, dinheiro para gastar. O Bruno de Carvalho escusa de vir com tretas. O Sporting não encontrou nenhuma árvore das patacas em Alvalade... Encontrou-a em África. Álvaro Sobrinho, um trafulha de primeira e a Guiné Equatorial, um país especialista em violar direitos humanos. Toda a gente sabe que a fórmula Jesus + dinheiro normalmente resulta em títulos. Os sportinguistas que ano após ano seguiam com a conversa do "clube diferente, com valores, com o diabo a sete e uma academia que faz Figos e Ronaldos" provavelmente vão ter que meter a viola no saco e ir festejar algumas vezes para o Marquês títulos à... Benfica e Porto. Voltando ao título do post, neste Gambito Le(t)ão, parece-me que Bruno de Carvalho optou por comer ao Benfica o peão f5. É um movimento pouco ortodoxo que acarreta riscos para a sua cor. Se o Sporting não for campeão em 2016 ou 2017, o céu pode cair em forma de trovoada em cima de Jesus e de Bruno de Carvalho. Jesus corre o risco de se tornar num treinador mal amado em todo o lado. Bruno de Carvalho corre o risco de deixar o Sporting em pior estado do que o estado em que o encontrou. 

Passando para o Porto. O Porto era mesmo disto que precisava. Depois do drama, do horror e do caos que foram estas últimas duas épocas, uma tempestade tropical em cima da 2ª Circular veio mesmo a calhar. Pinto da Costa foi buscar umas quantas brasileiras, agarrou no panamá, toalha de praia,  havaianas e aí foram eles todos malucos para o Brasil, para ver se o BMG faz umas macacadas e consegue colocar em Portugal uns quantos meninos para substituir Casemiro, Danilo, Oliver e Jackson. A tarefa não se avizinha fácil porque parece que a capacidade de investimento do clube se esgotou bastante na época passada... Mas as bases continuam lá. O trabalho de Lopetegui é bom e para consumo interno pode chegar. O Porto está na bancada a observar o jogo de Xadrez, esperando que Benfica e Sporting comam todas as peças até ficarem apenas Rei vs Rei. É nesse empate infinito entre os dois clubes de Lisboa que o Porto se ergue e regressa vencedor. Foi esse empate infinito que começou com Bobby Robson e durou até... Jesus. Mas atenção! Parece-me que um hipotético sucesso do Porto em 2016 vai passar muito pela incompetência dos rivais de Lisboa. O Porto é neste momento, em Junho, sem sabermos que plantéis existirão, quem parte atrás, em termos probabilísticos, à conquista do título.

Por fim o Benfica. O Benfica ficou sem um importante peão no tabuleiro mas... Terá ganho mais ou perdido mais com isso? A meu ver perdeu mais. Perdeu o melhor treinador da liga. Mas o jogo não está perdido e Bruno de Carvalho ignorou um factor importante no seu movimento. Atrás deste peão vem Jorge Mendes. Jorge Mendes, ao que parece, não ficou contente com a ida de Jesus para o Sporting. A relação do empresário com Bruno de Carvalho nunca foi a melhor e o sucesso do Sporting vai ser provavelmente algum do insucesso do empresário no futuro. Vieira sabe que estes dois anos serão decisivos para o Sporting e será bastante natural que, por isso, o investimento no plantel seja agora maior do que seria com Jesus ao leme, em caso de renovação. Que papel terá Jorge Mendes no reforço do plantel benfiquista? Veremos. O que se sabe é que o Benfica mantém uma estrutura organizada, mantém referências no plantel (Luisão, um autêntico 2º treinador dentro de campo, veremos se Maxi também) que facilitam a integração de novos reforços e sabe-se também que a direcção do Benfica está sedenta por demonstrar que o sucesso dos últimos 6 anos não se deveu apenas a Jesus. Eu acredito que o sucesso se deveu mais a Jesus do que a Vieira e só com muitas macacadas poderei mudar de opinião. Enquanto adepto deposito agora toda a minha confiança no próximo treinador que chegará, qualquer um que seja, mesmo apesar de saber que nenhuma das mais fortes possibilidades para o lugar me agrada particularmente. Desejo também que este não seja um projecto para apenas uma época e que ao novo treinador seja dado tempo para evoluir - tal como Jesus evoluiu - dentro do Benfica.

Voltando ao Xadrez. Voltando ao tabuleiro. Parece-me sinceramente que o futebol português está repleto de péssimos dirigentes. O Porto na época passada fez um investimento brutal, não ganhou nada, há relatos de incumprimentos salariais e de desinvestimento. Pinto da Costa é conhecido por ter conseguido elevar o clube à custa de sofisticados esquemas de corrupção, como todos sabemos e ouvimos nas escutas no magnífico processo do Apito Dourado. Luís Filipe Vieira transformou-se num dos homens mais ricos de Portugal à custa da credibilidade que conseguiu no Benfica. A promiscuidade entre o futebol e os seus negócios ligados à construção civil é evidente. É um dirigente com tiques perigosos de ditador e que muitas vezes ignora a democracia que sempre vigorou no Benfica. De futebol não lhe reconheço grande conhecimento. Bruno de Carvalho não olha a meios para atingir os fins. Foi nojento o que ele fez e está a fazer a Marco Silva. Ignorou o passado do seu clube e atacou as velhas glórias, parasitas que para ele não merecem o mínimo de respeito. Quer construir um novo Sporting ganhador e sabe que para isso precisa de se movimentar no mesmo lodo que Pinto da Costa e Vieira se movimentam.

É este o xadrez. É este o futebol que temos.

9 comentários:

  1. Esta época vai ser rica em material para a tua escrita AVB, será uma boa época para regressares com mais regularidade aos "relvados electrónicos"!

    Rapidamente, passo por casa alheia olho e constato o seguinte:

    No norte, o desinvestimento é certo, mas quanto ao certo? Acabaram de receber 7,5M por um jogador emprestado, tem dívidas a receber do Atl Madrid e facilmente realizam encaixes com gajos como o Josué ou Daniel Opare para não falar do Jackson que quer forçosamente sair (aproveita Bruno! xD). Ao certo, não saberemos quanto o FCP irá desinvestir até começar a época.

    Do outro lado da rua, o Vieira foi pato e o Jesus voltou a casa (e o Benfica também vai desinvestir). Ao Jesus já lá vou, fico-me pelo Vieira por agora. Primeiro o campeão foram gajos como o Maxi e o Luisão e os restantes, cada um deu o seu contributo. Mas Jesus, Luisão e o Maxi, que ganhou um respeito diferente da minha parte apesar do caceteiro, são os gajos que permitiram ao Benfica não vacilar. O primeiro já foi, o segundo tem 34 anos e o terceiro não sabe se renova. Isto é perigoso, ameaça todo um sentimento de responsabilidade que era transmitido para dentro do relvado mas mais uma vez até à época começar, é difícil prever o que acontece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha casinha, uiii olhas para ela e ficas ofuscado com as luzes de natal que foram colocadas à entrada, mas será que o interior condiz? Será que as luzes são Made in China e rebentam quando se aumenta um bocadinho a tensão? Logo a abrir, não merece, não mereceu nada do que lhe foi feito. O Marco Silva, apesar de vermelho por baixo, apesar dos erros próprios de quem pela primeira vez se vê obrigado a lutar pelo titulo, a treinar uma equipa de Champions, apesar de se ver a perder 2 0 contra a equipa do chuto para frente na taça e mesmo assim vence-la, apesar dos jogadores terem vacilado na Eslovénia ou em Alvalade, não mereceu este tratamento. Foi acolhido como um de nós, foi aceite e não posto de lado. Para os jogadores, era um deles. 99% (e não 100% porque há sempre acéfalos) está contra esta acção do BdC e espero que ele saiba disso. Obviamente que, se era para tirar de lá o Marco Silva teria que ser para colocar alguém melhor, pergunta: Quem é que acreditava que seria o JJ? A imprensa metia Manuel Machado, Paulo Sousa, João de Deus até cair a bomba. Reconheço todas as qualidades e defeitos do JJ, sei que ele potencia jogadores (não os descobre) e sei que adapta bem, nomeadamente as posições de trinco, 8 e 2º avançado. Também sei que joga com dois avançados quando a Europa joga quase toda com um, não aposta na formação, sei que mandava vir com tudo e todos e tem uma grande bazofia apesar de se borrar em momentos importantes. Mas JJ voltou a casa, quer se queira quer não, passou mais tempo no Sporting do que no Benfica. Ele é verde por dentro e agora também o é por fora, ele mostrou esta época que afinal o futebol não é sempre a carregar. Cresceu e há uma possibilidade de maturidade, de quem pode mudar e voltar a casa para ajudar, veremos.
      Defeitos à parte, erros de casting e circos, para mim o BdC está dentro do plano que acreditava ser o melhor para o Sporting: um ano zero com entrada na Champions, um 2ano com um titulo e uma prestação Europeia boa(zinha, sabor amargo) e consolidação das contas e para 3ano, uma séria candidatura ao título. Neste meu plano, apenas seria necessário agora, correr com os excedentários e contratar pouco mas bem. Há muito material na equipa B, opções válidas. Há um Labyad que vai voltar para mostrar serviço, há um Danilo Pereira à espera de sair da Madeira. De onde vem o dinheiro? Os outros fazem, nós fizemos um bocadinho. Meia Europa já faz negócio com a Guiné, inclusive Portugal. Não são santos nenhuns mas querem mudar, devagarinho mas querem. O Sobrinho, entre ele, Isabela ou Doyen, venha o diabo e escolha. Mas, isto é um pormenor importante, está salvaguardada a independência do Sporting dos investidores até 2020, sendo que nessa altura temos que pagar o que devemos ou entregamos o controlo da SAD. Conforme os meus rivais, só o tempo dirá.

      Concluindo, o tempo dirá todas as respostas. A forma como aproveitam esse tempo, será a chave. Concordo que o Porto parta em desvantagem pelas saídas que teve/vai ter e pela forma como o Lopetegui fará a omolete. O Benfica e Sporting dependem muito da visão do seu treinador/presidente.

      P.s: Uma ultima palavra para um emigrante forçado, Bernardo Silva. Um gajo que para mim é uma cópia do Rui Costa, não pela forma de jogar mas pela maneira como sentia o Benfica. Foi forçado a sair, dizem que pelo JJ mas o Presidente também não soube fazer dele um símbolo. Por um ano, não tem uma oportunidade séria de se mostrar na equipa do coração. Por um ano, teve que adiar 5 ou 6 ou 10 anos, a hipótese de jogar em sua casa. Eu, ficaria f*dido por um lagarto de gema desta forma

      Eliminar
    2. Grande Luis! Obrigado pelo comentário

      É tal e qual como dizes... O tempo dirá se foram boas ou más escolhas. Se foram bons ou maus investimentos. Quanto ao Sporting sinceramente eu acho que é uma jogada de alto risco. Eu não sei se é isto ou não que vai acontecer mas eu acho que o BdC vai fazer um esforço enorme junto dos investidores para reforçar o plantel. Ele sabe que JJ é sinónimo de retorno financeiro, tal como o Vieira sabia o mesmo, portanto contratar jogadores de 10 ou 15 milhões não é um risco muito grande quando tens um treinador que os consegue potenciar para o mercado dos 30 e 40 milhões facilmente. A estratégia passa por aí. Se me dissessem que o BdC ia fazer isto com o Roberto Mancini ao leme, sendo que se a coisa corresse para o torto a SAD passava a ser controlada pelo Alvaro Sobrinho, eu diria que era um gravíssimo erro de gestão. Com o JJ é arriscado na mesma... Mas menos. Se eu fosse sportinguista preocupava-me com esta forma de gerir o clube.

      Eliminar
    3. Claro que estou preocupado, o treinador não vem trabalhar à borla. Mesmo sendo um contrato com objectivos, a base do salário é grande. Ainda foi ontem que declararam falência técnica ao Sporting e desde então, apesar de melhores, não fizemos encaixes financeiros significativos que permitam grandes aventuras. Não sei se chegará algum jogador de 10 M para cima, pela forma como temos negociado com fundos, não é fácil. Alias, o Sporting tem que cumprir o fair play financeira com risco de pagar multa!

      Eliminar
  2. Numa determinada rua de uma certa terra, havia duas oficinas de automóveis.
    Uma vermelha e outra verde
    A oficina vermelha tinha um bom mecânico, que tinha bom nome na praça
    e por isso a oficina vermelha vivia tempos de sucesso.

    A outra oficina, a oficina verde, vivia com dificuldades
    tinha pouca clientela, vivia nas ruas da amargura

    O amalucado dono da oficina verde,
    movido por doentia inveja, (que já lhe vinha do berço)
    numa fuga para frente
    resolve assediar o famoso mecânico para mudar de vida

    Oferece-lhe um vencimento amalucado que deixa
    a sua família em pânico. Quem irá pagar tamanha loucura???

    O referido mecânico aceitou e mudou de oficina
    (o dinheiro era tanto....eheh)

    O mecânico já apalavrado e pensando no sucesso
    da sua futura oficina verde, começou logo, ainda
    na oficina vermelha a contactar os clientes desafiando-os
    a mudarem de oficina, tudo nas costas do seu patrão
    (recebia da oficina vermelha mas já trabalhava para a verde)

    Chegado à oficina verde o que pensa o famoso mecânico???
    Pensa que para a oficina verde ter sucesso não bastará a sua competência

    Será preciso deitar abaixo, enfraquecer a oficina vermelha
    porque no fundo no fundo o mecânico (apelidado de judas)
    sabe bem do poderio da oficina vermelha

    Vai daí desata a convidar o melhor pintor
    o melhor bate-chapas, o melhor electricista, enfim tudo aquilo
    que ele sabe serem pilares dessa oficina vermelha

    E o mais que se verá
    Até novas máquinas que a oficina vermelha pensava adquirir
    para melhorar a oficina, poderão ir parar à oficina verde
    por informação do judas mecânico

    O MECÂNICO MUDOU MAS QUER LEVAR TUDO
    PARA DESGRAÇAR A EMPRESA DE ONDE SAIU

    E AINDA TEMOS BENFIQUISTAS A DEFENDER UM MECÂNICO DESTES
    QUE EM VEZ DE SAIR SÓZINHO QUER LEVAR AS MÁQUINAS E AS MELHORES FERRAMENTAS
    PARA ABANANAR O ANTIGO PATRÃO

    JUDAS, MIL VEZES JUDAS

    SE ESTE MECÂNICO FIZESSE ISSO AQUI POR TERRAS DE VIRIATO
    CERTAMENTE O QUE LEVARIA DA OFICINA VERMELHA, SERIA ALGUM
    OLHO Â BELENENSES, POR TER TROPEÇADO NALGUMA BIGORNA
    E TER ESCORREGADO NA VALVULINA

    JUDAS, MIL VEZES JUDAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não defendo o que o Jesus fez ao Benfica, acho que ele foi um filho da puta de um cabrãozeco de merda. Mas apesar de achar isso continuo com olhos na cara para ver que no Benfica, no Sporting ou no Arrentela, continua a ser o melhor treinador português da actualidade.

      Eliminar
  3. Campeão,

    Só descobri o blog esta semana e logo com um grande post.

    Convido a passar lá no nosso tasco: http://tudoportibenfica.blogspot.pt/.

    Já adicionei à lista de blogs se gostar do nosso adiciona também.

    Saudações Benfiquistas
    Fred
    Tudo por ti Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só pelo header lindo já mereces estar na minha blogroll. Grande abraço

      Eliminar
  4. Uiiiiiii QUE AZIA QUE PRÁQUI VAI....

    ResponderEliminar