domingo, 19 de outubro de 2014

Como falar de bola sem fazer figura de urso

Olá, amiguinhos! Então, gostaram da Taça? Eu gostei e foi emocionante acompanhar o Famalicão vs Pombal, com o Famalicão a chegar ao golo da vitória já nos descontos e a jogar com 10 elementos. Aposto que os meninos andaram aí a ver o Benfica e o Sporting e cagaram no resto. Tudo para se guardarem para o enorme Vitória de Sernache vs Vieira SC que há amanhã, eu compreendo. E aposto também que já andaram por essa internet fora a fazer figurinhas. Como? Então, basicamente, a malhar no Jesus e em quiromanias pelo Marco Silva. Está portanto na hora de ouvirem umas belas verdades, meterem um chapéu com orelhas de burro, pegarem numa cadeira virada para a parede e sentarem-se nela enquanto ouvem alguém que sabe ler vos ditar o que aqui escrevo. 

Primeiro vamos ao primeiro. Jorge Jesus. Antes de mais nada, burros do caralho, lembrem-se: não é o Jorge Jesus que contrata, vende, empresta e passa o cheque - esse alguem chama-se Luís Filipe e não, não é o lateral direito. O Jesus emprestou o Bernardo Silva? Não, o Vieira é que. O Jesus ia utilizar muito o Bernardo Silva? O Jesus devia apostar mais no Bernardo Silva? Só se o Jesus fosse estúpido - Ui, escândalo. O Jesus não joga com nenhum 10 e para jogar nas alas tem Salvio, Gaitan e Ola John como principais escolhas. Faria sentido montar um novo esquema trabalhado especialmente para o Bernardo Silva? Então ia-se desmontar uma base que vem da época passada, que funciona bem, que é estável em todos os sectores só porque "ai ui oportunidades aos meninos" ? É pá, vão fazer meninos. Então o Jesus não dá oportunidades aos meninos e hoje que as dá, ao intervalo, já está tudo em pânico a malhar no homem porque ai ui oportunidades às 2ªs linhas? Há quem adopte crianças... Porque é que não adoptam coerência? Sai mais barato que crianças. 
PS: Hoje li um gajo a dizer algo estilo "o Jesus que nos dê a dobradinha e que no final do ano saia!!!!!! Devíamos dar uma oportunidade ao grande benfiquista Cajuda". Agradeçam a esta alminha este post que vos escrevo

Segundo... Sporting. A constatação do óbvio: a defesa do Sporting é péssima e a do Porto também. Digo isto desde que vi as escolhas do Lopetegui para o sector, mais concretamente os milhões estoirados no Indi. Digo isto desde que vi no ano passado o que o Maurício vale e desde que vi o Sarr a jogar à bola. O Marco Silva deixar o Paulo Oliveira no banco acho que é o erro mais óbvio que se pode apontar na construção do 11 leonino. E neste jogo, será que se justifica a euforia leonina e a depressão tripeira? Será que os deuses estavam loucos na pré-época e agora é que estão certos? Porque é que não adoptam coerência? Sai mais barato que crianças. O Sporting não é mais forte que o Porto. O que aproxima o Sporting do Porto é o facto da equipa estar melhor trabalhada do que a do Porto, mas isso não torna uma equipa melhor que a outra porque o deficit de qualidade dos jogadores do Sporting ainda lá está em comparação com os do Porto, o que isso faz é aproximar as duas equipas mas não ao ponto do Sporting ser melhor. O Porto hoje foi superior e quem viu o jogo com olhos de ver percebeu facilmente isso. O Porto teve mais oportunidades claras de golo, Patrício foi preponderante e o Sporting acabou por conseguir jogar bem com a sorte que teve. Mas será que Lopetegui é assim tão mau para merecer já lenços brancos e o título de "pior treinador da história do Porto" num clube que teve o Octávio Machado? Lopetegui nem meio ano tem com jogadores que nem há meio ano se conhecem. Lopetegui não conhece a liga e a sua direcção contratou em demasia e não soube avaliar bem o que estava a fazer. Que culpa tem Lopetegui? Exigia-se mais futebol? Os mesmos que exigem mais futebol a este Porto são os mesmos que há algumas semanas atrás se fartavam de elogiar a organização ofensiva e o critério dos jogadores do Porto. Já ouviram falar em coerência? Tenho aqui meia dose para adopção, alguém precisa?

3 comentários:

  1. Tu pouco ou nada percebes de futebol!? O Porto foi superior e percebe-se facilmente! Deves de sofrer de clubite aguda para dizeres uma barbaridade dessas ou apenas deu-te uma diarreia mental! Houve alturas do jogo que o Porto não passava de meio campo mesmo com um árbitro ajudar a festa com dois claros foras de jogo que quase deram golo ao Porto (um deles penaltie!) e qualquer toque nas amálias do Porto era falta! O qual após repetições não eram NADA! O Sporting foi superior em algumas fases do jogo, e o Porto também! O jogo pautou por um equilibrio de ambas as equipas, no qual o Sporting saiu por cima porque em termos de colectivo está anos luz á frente do Porto (culpas de Lopetegui devido á rotatividade)! E no futebol o colectivo vale muito mais que as individualidades (graças a deus que é assim)! Claro que também é importante ter bons jogadores, mas muitas vedetas não fazem uma equipa e nem nunca fizeram! O Porto teve mais oportunidades, só se contares as repetições dos lances várias vezes! Na 1ª parte: Sporting teve 4 oportunidades (2 golos...1 deles autogolo); Porto teve 4 oportunidades (1 golo). Na 2ª parte: Sporting teve 5 oportunidades (1 golo), o Porto teve também 5 oportunidades, mesmo contando com 2 lances precedidos de fora de jogo, num deu penaltie e noutro brahimi quase marcava (malhas laterais). Neste lance foi adrian que no inicio do lance estava em fora de jogo (uns 3 metros à vontade) e deu inicio á jogada em que brahimi quase marcou! Por isso pega na gravação dos lances mais perigosos de ambas as equipas e vais ver que em oportunidades foram iguais mesmo contabilizando 2 lances irregulares que o árbitro decidiu não ver e fora o festival de faltas junto á área em que a maioria não era!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://aivalebujas.blogspot.pt/2014/10/resposta-ao-comentario-de-um-anonimo.html

      Eliminar
  2. Um grande pau no cú desta gente que manda estas bujardas sob anonimato!

    Dá-lhe Bujas!

    ResponderEliminar