sexta-feira, 20 de junho de 2014

MUNDIAL 2014 - Grupo E 2ª Jornada


 GRUPO E - 2ª Jornada

França 5-2 Suiça - Já começa a ser repetitivo dizer que este está a ser o melhor Mundial de sempre. Eu acho que vocês não deviam ver este Mundial e deviam deixar os putos ver o Panda, a namorada o TLC e a avó a TVI. É que isto está a ser cá uma seca... Ainda neste jogo, por exemplo, fora uma data de golões e uma exibição monstruosa dum menino chamado Blaise Matuidi, ainda tivemos o Bjorn Kuipers a meter o apito à boca aos 93', no preciso instante em que o Benzema enfiava um golaço na baliza do Benaglio. Já alguma vez viram isso acontecer? Eu, com 20 aninhos ou mais a ver bola, nunca me lembro de nada assim. Mas o que é isso ao pé duma saída à noite numa 6ª feira? A esta hora está malta a pagar 10€ por um Whiskey Chivas Regal 12 anos com Coca Cola do Pingo Doce no Urban e eu aqui a ver um jogo ENFADONHO com 7 golos SECANTES marcados por 7 jogadores diferentes. É pá... Vou ali à varanda apanhar ar para sentir que saio de casa hoje.

Equador 2-1 Honduras - Electrizante! Duas equipas sem meio campo, com 5 ou 6 a defender e 4 ou 5 a atacar. Foi assim o jogo todo, tu cá tu lá, com oportunidades de golo e com a magia do futebol no seu estado mais natural a explodir a cada lance. Do lado do Equador, Jefferson Montero assumiu-se novamente como principal craque da equipa acompanhado pelo mortal Enner Valencia (2 golos), com Antonio Valencia a desiludir quem esperava mais do craque do Man Utd. Nas Honduras, o inesquecível Costly, o jogo todo a mascar uma palhinha azul, letal na hora de fuzilar Dominguez. Há ainda uma história gira que vos quero transmitir. Jorge Claros, médio centro das Honduras, aqui há uns anitos foi assaltado e os assaltantes deram-lhe 3 tiros, sendo um deles na cabeça e os outros nos ombros. Não só o rapaz ainda conseguiu conduzir o seu próprio carro até ao hospital para ser assistido como 15 dias depois já estava a jogar alegremente no seu clube - Motagua. Já não se fazem homens como nas Honduras.

2 comentários:

  1. (sobre o primeiro jogo e o facto de se estar em casa) É isto.

    ResponderEliminar
  2. Impressionante a história de J.Claros!

    ResponderEliminar