domingo, 25 de maio de 2014

Presépio em risco no Benfica

Pelos vistos o lucro que o Benfica retirou da final da Liga dos Campeões foi uma faca de dois legumes, como diz o outro. O milhão de euros resultantes da transferência do Di Maria acabam por saber a pão sem conduto porque a conquista da taça fez com que a permanência de Ancelotti em Madrid fosse um problema inesperado para o Benfica. Ancelotti, pelos vistos, era o senhor que se seguia a Seedorf e o Milan vai agora avançar para o plano B, um plano que passa por roubar Jesus ao Benfica. 

Se for para sair que saia rápido. A pré-época começa daqui a pouco mais de 1 mês e precisamos de tempo para a preparar. Mas mesmo com tempo para a preparar, a saída de Jesus poderá ser dramática para o clube. Porquê? Vejamos...

Luís Filipe Vieira já deu provas mais do que suficientes de que é péssimo a contratar homens para este lugar. Acertou com Jesus e o treinador salvou-lhe o coiro com 2 campeonatos e mais uma mão cheia de taças, tendo muitas vezes que transformar água em vinho ao longo da sua estadia na luz. As adaptações foram constantes por falhas na construção do plantel. A evolução de dezenas de jogadores, pela mão de Jesus, foi óbvia, conseguindo formar craques de classe mundial que o Benfica acabou por vender por milhões como nunca antes tinha conseguido na sua história. 

É preciso, portanto, tentar manter Jesus a todo o custo e garantir isso com a maior celeridade.

Mas caso isso não seja possível então há 3 hipóteses e na ampulheta a areia já cai, portanto, amigos benfiquistas, é bom que Vieira se mexa rápido e bem.

1ª Hipótese: Um treinador português que conheça bem o plantel do Benfica. Há 3 nomes possíveis: Peseiro, Fernando Santos e Rui Vitória. Há problemas associados a esta escolha. Em 1º lugar a pressão dos adeptos, quando falamos de nomes conhecidos no nosso universo tuga, é sempre enorme. Em 2º lugar o plantel do Benfica e algum vedetismo que lá possa existir. O Benfica, no ano passado, esteve muito perto do descalabro total graças à atitude de alguns jogadores na 1ª metade da época. Treinadores como Rui Vitória ou Peseiro, com pouco nome e portugueses, poderiam potenciar o que aconteceu na 1ª metade da época passada e o Benfica correria o risco de seguir pelo mesmo caminho do Porto de Paulo Fonseca. 

2ª Hipótese: Um treinador estrangeiro com reputação e títulos na bagagem. Aqui, sendo estrangeiro, não há outra hipótese. Embarcar numa aventura como o Porto fez com Lopetegui é um risco muito grande num clube que no ano passado venceu 3 títulos e ao qual se exige que este ano continue nessa senda. A opção teria que recair num treinador com reputação. Mas há problemas à vista. Quanto mais tarde entrar um treinador estrangeiro no clube mais difícil será para ele preparar a nova época. Não conhecendo o plantel as coisas complicam e um mês pode ser pouco para perceber como planear o Benfica 2014/15, quanto mais se falarmos em semanas. Pede-se uma grande estrutura para que este tipo de treinador encaixe bem e sinceramente não há garantias de que essa estrutura exista no Benfica.

3ª Hipótese: A prata da casa. Só vejo um nome possível aqui: Pablo Aimar. Seria seguir mais ou menos o caminho que o Milan seguiu com Seedorf. Simeone também teve um percurso semelhante na Argentina, não demorando muito tempo até começar a brilhar, isto para falar de dois casos mais recentes da história do nosso futebol. O respeito do plantel e dos benfiquistas estaria assegurado e provavelmente até existiria alguma euforia caso esta opção se confirmasse. Aimar teria tranquilidade para começar uma nova época e teria algum crédito, coisa que junto dos adeptos benfiquistas não é fácil de conseguir. O problema seria perceber se Aimar tem mesmo essas capacidades, se Aimar tem essa liderança e se Aimar seria capaz de planear uma época ao nível do treino e da gestão do plantel. Eu, sinceramente, isso não sei, mas espero que possam existir pessoas dentro do Benfica capazes de discernir isso. 

Melhor do que qualquer uma destas hipóteses, escusado será dizer, seria a continuidade de Jorge Jesus. Eu espero sinceramente que isto tenha um final feliz e que o filme não demore 3 horas. Queremos uma curta de final feliz.

13 comentários:

  1. É uma hipótese. Sérgio Conceição seria outra hipótese. Há muitos nomes em cima da mesa certamente. Eu não tenho preferência. A minha preferência é pela continuidade de Jesus

    ResponderEliminar
  2. O meu voto vai para que, no caso da saída do Jesus, o próximo treinador seja alguém que saia de uma selecção após o mundial! Aposto primeiro em Fernando Santos e o resto é ver quem sai

    ResponderEliminar
  3. Fizeste um analise bem feita daquilo que o benfica vai passar se jesus nao ficar,devo dizer que se tornaria sempre algo dificil,algo que o benfica nao sabia que ia passar,pois nao sabia se jesus seria um ganhador,aconteceu,e depois de algumas conquistas o unico defeito que encontro é o facto de o benfica nunca se ter acautelado relativamente a essa questao.
    Eu sei que nao é materia facil de ser tratada,mas o benfica deveria ter feito isso,ate pq ja houve a hipotese bem grande de jesus ter ido para o porto.
    Nao sendo o meu clube,já que o meu acabou mesmo á pouco de escolher talvez aquele que é o melhor treinador em portugal na minha opiniao,devo dizer que iria por um treinador portugues,e é so nesse ponto que discordo quando nomeadamente falas-te do peseiro,peseiro é um bom treinador,muito identico a jesus na maneira de por as suas equipas a jogar futebol,peseiro teve azar no sporting,e digo-te como sportinguista que ele foi o treinador que melhor pos o sporting a jogar nos ultimos 20 anos,jogavam melhor ate que as equipas que foram campeas.
    Tiveram azar so isso algo que é alheio ao clube e ao proprio treinador,ao benfica ja aconteceu isso e nao foi por ai que ele nao ficou ou deixou de ganhar tudo,é normal que ele saia,nao é normal é que o benfica nao tenha uma carteira em aberto de treinadores.
    Peseiro é o melhor para vcs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanto o Peseiro quanto o Fernando Santos ou o Rui Vitória são certamente bons treinadores, isso não está em causa. Eu acho é que estão sujeitos a uma pressão maior por parte dos adeptos e essa pressão pode contagiar os jogadores e a forma como os jogadores encaixariam esse novo treinador.
      O Marco Silva foi uma boa contratação para o Sporting mas o seu sucesso vai estar muito dependente da estrutura leonina, da forma como o Bruno de Carvalho vai gerir as entradas e saídas.
      O melhor para nós, para mim, é o Jesus. Hoje as declarações do Luisão vêm reforçar a teoria de que a continuidade é para garantir e fazer o esforço máximo para que isso aconteça.

      Eliminar
    2. Eu falei no peseiro se houver saida do jesus.
      Eu acho a estrutura do benfica mais solida do que aquela que o sporting tinha na altura que o mesmo treinou o meu clube,por isso é que seria uma boa escolha,ele é mais ou menos identico ao jesus.
      Fernando santos nao acho que seja grande treinador,tiveste um punhado de alguns bons treinadores no porto,casa onde é facil ganhar mesmo sendo mediano,aquilo que é o fernando santos.
      Teve bons jogadores no porto mas inventa muito,esta muito bem na grecia nao da para inventar muito,é meter sempre os mesmos gajos que aquilo de nomes é fodido e se vai andar com grandes trocas esmerda-se todo.
      Relativamente ao rui acho que seja mesmo so uma escolha alternativa,tipo 3 ou 4 escolha,acho que nao tem perfil para um clube como o benfica,mas pronto se vamos falar de perfil tambem o jesus nao tem,o unico facto que o safa é treinar bem,senao da maneira que é ja tinha levado guia de marcha.
      Resumindo a melhor escolha seria o peseiro,pq estamos a debater uma possivel saida de jesus,com a certeza da nao saida do mesmo nao se falaria de outros treinadores,ja que o lugar era garantido.
      O mercado tb nao esta cheio de grandes treinadores disponiveis,existem disponiveis mas esses nada ganharam e aqueles que ganharam sao completamente impossiveis de vir para o benfica.
      Senao vejamos,o benfica mesmo com mais orçamento paga 4 milhoes/ano ao jesus algo que nem mesmo vcs sabem como se paga isso a um treinador que mesmo tendo ganho nao fez grande coisa,e faço esta analogia pq ele no porto com o mesmo orçamento ou identico limpava tudo se tivesse 5 ou mais anos no clube,o benfica ganha este ano pq o porto esta uma merda e o sporting em transformaçao.
      Com isto tudo e se o benfica nao quizer apostar numa incognita terá de apostar em alguem de valor identico ou superior ao do jesus,algo que acho dificil que aconteça.

      Eliminar
  4. Bujas , porque não um junção de dois? Ariscar no Fernando Santos e o aimar como adjunto ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como disse no comentário anterior... Para mim era meter as fichas todas na continuidade do Jesus. Todas as hipóteses que eu vejo em cima da mesa para a sucessão têm problemas e riscos a evitar nesta altura. Sou um bocado cagunfas por recear a mudança, mas custa-me ver o trabalho deste homem por água abaixo num estalar de dedos.

      Eliminar
  5. Não queiram destruir a aura do Pablo!
    Tem tudo para não ser treinador!
    Treinador tem que ter cara e discurso de pedreiro e inteligência de Freud com Einstein!
    Pablo é um gentleman!
    Pode ser muito inteligente mas não é trolha decerto!
    Li, algures aí em cima: Conceição!
    Como já li Espírito Santo noutros blogues!
    Não há vergonha?
    Não há memória?
    Será que estou a mais no meio desta merda?

    ResponderEliminar
  6. Parece-me que a ligação entre o Benfica e o Jorge Jesus é para manter por mais um ano, pelo menos... Há sempre a tendência dos treinadores de querer sair em grande, mas pelo discurso do próprio, acredito que o Benfica tem treinador para a próxima época. Veremos ;)

    ResponderEliminar
  7. lawrence, chillax dude, Jesus está garantido! Isso sim é que importa.

    ResponderEliminar